21 de junho de 2016

Bicho Papão: Os Parabenos

Num comentário recente no youtube chamou-me à atenção o facto de uma espectadora comentar que usa produtos sem parabenos e sem conservantes. Quando questionei o porque a resposta foi simples: porque a a industria leva a crer que os parabenos e os "conservantes" não são seguros.
Se quiserem ler mais sobre este assunto aconselho o post da makedown mas eis aquilo que a industria está a criar: o bicho papão dos conservantes.

A minha visão do assunto: os parabenos existem à dezenas de anos e são colocados nas formulas dos mais variados produtos para que estes são passem de objectos de beleza para culturas de fungos e bactérias.
Os parabenos são "conservantes" e deixem-me dar-vos uma imagem: estamos no meio da selva e há um lago com água, vocês estão cheios de sede mas a água está nojenta. Preferem beber água como está ou colocar uma gota de lixívia para purificar?

Bem, eu diria que a gotinha de lixívia é preferencial a toda uma infinidade de contaminações possíveis. E esta é a lógica dos parabenos.
Obviamente que associado aos parabenos está a teoria do bicho papão do cancro. Pois sobre isso eu tenho a dizer: o peixe tem mercúrio, a carne nitrofuranos, a agua legionela.... Infelizmente para ter cancro basta estar vivo.

Ainda de ressalvar: se frequentemente fazem alergias e reacções cutâneas e usam produtos normalmente sem parabenos e conservantes, pensem duas vezes se não será uma cultura de bactérias e fungos a fazer uma festa na vossa pele.

2 comentários:

  1. Cada vez que tenho clientes que perguntam "à os vossos produtos são naturais? São Orgânicos?" mentalmente os meu olhos começam logo a rolar, a minha resposta é logo NÃO! HAHA. Digo que os produtos contém outros ingredientes químicos para eles durarem mais tempo, Key Byyeeeeeeee
    Eu entendo que existam pessoais que procuram produtos mais naturais, nada contra. Mas às vezes fazem perguntas estúpidas porquê não temos, e fico a olhar para eles com cara de "mas eu por acaso sou a Dona da marca? Não sou eu que crio/faço os produtos"...

    ResponderEliminar
  2. Sinceramente eu gostava de perceber o conceito de "natural" porque é uma coisa demasiado abrangente e volátil para ser definida assim com tanta simplicidade

    ResponderEliminar

Deixa a tua opinião aqui!

Notas

Aqui escreve-se ao abrigo do antigo acordo ortográfico.

Contacto: pinderiquicespindericas@gmail.com

© Pindérica, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena