7 de abril de 2016

Ceto-Diários: Cheguei aos menos 10!

Desde Janeiro que comecei com a minha dieta cetogénica e em Abril, depois das férias, atingi um marco importante neste percurso que visa encontrar um "eu" mais saudável. e precaver-me contra o historial de obesidade que, infelizmente, é património da minha família, cheguei à meta dos menos 10 Kgs.

Passar de 68kgs para 58kgs é uma diferença brutal, mas principalmente estamos a falar de uma diminuição significativa na massa gorda, aumento da massa magra e aumento do ritmo metabólico. Tudo isto após as férias onde dei umas facadinhas na dieta mas onde a minha actividade física dispara a 400%. Dia e noite de mochila às costas a percorrer kms a pé, caminhadas, downhill, snorkling...


Ontem publiquei uma foto minha no meu facebook e confesso que fiquei muito surpreendida com o feedback que tive. Sei que uma dieta low carb, que já expliquei em post's anteriores, pode ser muito controversa. E por ser um regime alimentar que exclui um tipo de "combustível" que no nosso dia a dia faz-se sempre presente, os hidratos, sei que muita gente não compreende/apoia.

Eu estou a ser seguida pela nutricionista, a Barbara Cancela Abreu, com consultas de duas em duas semanas, onde controlamos todos os indicadores e introduzimos/retiramos alguns alimentos. Este resultado reflecte muita dedicação, planeamento e controlo relativamente à minha alimentação.

Sinto-me muito bem, saudável, feliz, de bom humor. Cheguei à conclusão que tenho mesmo de fazer algum tipo de actividade física, tenho o objectivo de 210 minutos de caminhada por semana + 5 minutos por dia de exercícios de alta intensidade.

Ainda tenho muito caminho pela frente: não preciso de perder muito mais peso mas sim de perder massa gorda e trabalhar em construir a minha massa magra. 

0 comentários:

Enviar um comentário

Deixa a tua opinião aqui!

Notas

Aqui escreve-se ao abrigo do antigo acordo ortográfico.

Contacto: pinderiquicespindericas@gmail.com

© Pindérica, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena