20 de janeiro de 2015

Ser ou não ser, eis a questão!

Já o dizia Shakespeare e com toda a razão, porque isto de ser, ou de não ser requer uma certa meditação. Numa certa noite sentada no sofá e enrolada com a minha manta a ver uma qualquer entrevista a uma qualquer pessoa detentora de um blog heis que me deparei com um verdadeiro dilema filosófico "ser blogger ou ter um blog?" (por agora dispensamos o brasileirismo de blogueira que eu prefiro usar o estrangeirismo do que torcidar o português e a língua).

Mais qual a diferença entre ser blogger e ter um blog? É mais ou menos a diferença entre ter maquilhagem ou ser maquilhadora ou ter um bilhete de avião ou ser piloto...faço-me entender? O facto de ter um blog não faz automaticamente de ninguém coisa nenhuma. Até porque, para ter um blog, basta ter um e-mail e a capacidade de seguir instruções básicas e instalar layouts pré definidos.

Então e eu? Sou blogger ou tenho um blog? Bem, na realidade eu gostaria de me considerar blogger porque me dedico a este espaço. Porque vou de fim de semana para fora e levo a maquina fotográfica. Porque invisto tempo a investigar, a comparar e a procurar conteúdos e informações para que as minhas publicações não seja um chorrilho de verdades de La Palice, press release e um "Vejam só tão bonito!" ou "os meus produtos cor-de-rosa/verdes/azuis"

Analiso os ingredientes, a embalagem, o produto. Testo, volto a testar, e testo novamente. E, quando não posso testar, alguém testa por mim. Não falo de muita coisa que recebo porque acho a qualidade medíocre e umas fotos bonitas, apesar de caírem sempre bem, não compensam as falhas que um produto possa ter.

Tenho brio naquilo que faço e conheço os meus limites. Não sou maquilhadora, não quero ser, mas posso dar uma mãozinha e explicar os fundamentos da maquilhagem, a teoria da cor, a luz e a sombra e outros que tais. Não sou fotógrafa, mas passo horas a tentar tirar "aquela" foto. Não sou engenheira química, mas analiso os ingredientes uma a um ( e recorro a quem sabe sobre o assunto quando tenho dúvidas). 

Sou uma blogger amadora: este blog não me dá um centavo. Isso não quer dizer que que me ache mais "autentica" do que quem recebe pelo seu trabalho. Mas eu exijo qualidade do meu "trabalho" enquanto blogger porque o faço sem obrigações nem contratos. Valorizo o espírito crítico, os posts com conteúdo, a comparação, a dúvida e sobretudo o relato da experiência com cada produto. Este é o tipo de blog que quero ser e é o tipo de blog que sigo. 

Obrigado a todos os que seguem e valorizam este trabalho. 

5 comentários:

  1. E é por esses motivos e mais alguns que sempre que posso venho espreitar se há novidades no teu blog. Enquanto que outros que sei que são actualizados todos os dias, e às vezes mais do que uma vez por dia, me passam completamente ao lado.
    Um ponto que valorizo numa pessoa que tem este tipo de trabalho - apesar de não ser a tua actividade principal, continuo a achar que alguém que tem um bom blog e investe nele, tem automaticamente um trabalho em part-time, se assim se pode dizer- é o facto de darem atenção aos seus leitores.
    Para mim, tu encaixas-te nesse grupo. Mesmo desenvolvendo sempre a tua opinião sobre cada assunto e explicando-o bem (seja sobre produtos testados, sejam apenas opiniões e pensamentos próprios etc), não ignoras os comentários ou dúvidas de quem te lê.
    Se há algo que me irrita é quando alguém valoriza um blog ou um determinado post comentando-o, fazendo perguntas e/ou sugestões, e depois os comentários são sistematicamente ignorados...

    Portanto, para mim és blogger!

    ResponderEliminar
  2. Obrigada pelo teu comentário Liliana. Que mais fossem como tu. De facto dedicar do nosso tempo e esforço e por vezes ser tratada como alguém que apenas replica press's enviados à molhada acaba por ser desmotivador.
    Por isso deste meu "desabafo".

    ResponderEliminar
  3. "os meus produtos cor-de-rosa/verdes/azuis" :) Esse tipo de post, organizado por cores sem que os produtos de dermocosmética listados tivessem nada que ver uns com os outros para além da cor da embalagem, foi a gota de água que me levou a deixar de seguir uma série de blogs ditos de beleza.
    E é por não os encontrar aqui e continuo a vir. Obrigada por "perder" tempo com este espaço.

    (Uma pequena nota: eis em vez de heis)

    ResponderEliminar
  4. Só que as pessoas que realmente perdem tempo nisto, não têm reconhecimento nenhum! :S

    ResponderEliminar

Deixa a tua opinião aqui!

Notas

Aqui escreve-se ao abrigo do antigo acordo ortográfico.

Contacto: pinderiquicespindericas@gmail.com

© Pindérica, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena