22 de agosto de 2014

A Minha Opinião "Divergente"


Coisa que provavelmente desconhecem sobre mim é que sou uma leitora ávida. Eu adoro ler e leio a um ritmo absurdo e com uma sofreguidão como se o livro em questão se dissipasse em pleno ar ao fim de cada dia.

As minhas leituras variam, leio desde Pepetela até J.K.Rowling (sim eu sou fã do Harry Potter), e recentemente resolvi ler algumas triologias que, pelos vistos, estão na moda. Começando pelos Hunger Games, que para os mais desprovidos de atenção é uma alegoria aos regimes totalitários e, mais recentemente, a triologia: Divergente; que originou num filme que à pouco esteve nas salas de cinema.

Ora depois de ler a triologia Divergente ficou-me um certo asco sobre as "porcarias" que damos a ler aos nossos jovens (sim que aquilo é "literatura jovem"). Não porque o cenário criado seja improvável, que é: com um pouco de Matrix e uma sociedade condicionada; mas devido ao romance insuportável e pouco saudável entre as personagens.

Desta feita temos uma jovem magra, desajeitada e fracota que se torna numa maquina de luta com super poderes mas sem nunca perder estas características iniciais e um jovem musculado, Adonis, sério e intenso que vive atormentado com o seu passado e os seus complexos de Édipo e de Electra (sim, ambos, um não chega).

No fim disto tudo, e não sabendo bem como jogam estas personalidades, há declarações tão profundas e, permitam-me, idiotas como: "...escolho ficar com ele todos os dias: quando acordo, quando discutimos, quando mentimos um ao outro ou quando nos desiludimos." [sic]. Resumindo: É valorizado e explorado um namoro completamente disfuncional e pouco realista que assenta na falta de honestidade entre as partes por um "bem maior".

Sinceramente: volta J.K. Rowling; com livros e personagens que tem os valores certos, porque isto de muita acção e pouca reflexão deixa os livros com um sabor amargo. Não gostei, não recomendo, e acho condenável os valores que passa para as camadas mais jovens. E sim, devo estar armada em moralista.

11 comentários:

  1. Ainda não li nenhuma distopia, incluindo estas que têm surgido em catapulta. Mas se é isto que passam cá para fora... coitadinhos dos jovens que lêem isto sofregadamente!
    E quanto ao Harry Potter, que saudades dos tempos em que ansiava pelos livros que estavam por sair :) Adorava que a J. K. Rowling escrevesse mais alguma coisa deste mundo (para além dos pequenos textos que publicou no Pottermore).
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Mas olha que o hunger games, tendo falhas na construção, não se sentra no tema das relações romanticas das personagens, para faz narrativa. Acabei agora mesmo de ler o fim o "allegiant" e sinceramente o primeiro livro é giro, o segundo é medio e o terceiro é quase intragável...

    ResponderEliminar
  3. Eu li o Hunger Games e gostei. Achei algumas partes simplistas mas há ali conceitos interessantes. Como o facto de (tal como referes) o romance não ser o mais importante da narrativa, e particularmente no terceiro livro, a forma como mostra que as personagens sofrem as consequências das suas acções, mesmo quando essas acções são por um "bem comum". Pelo que ouvi dizer do Divergent parece-me uma cópia menos inspirada...

    ResponderEliminar
  4. Eu gosto de distopias, e gostei do Hunger Games (apesar de achar dispensável o triângulo amorosa). Como tal tinha muito curiosidade com este trilogia (também devido ao hype todo, confesso), mas agora depois de ler a tua opinião, fiquei sem vontade e se algum dia pegar nestes livros, certamente será em ebooks.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. A J.K.Rowling continua a escrever, só que agora voltou-se para os livros do Cormoran Strike e não deve voltar a literatura juvenil ou fantástica tão cedo :/ Vai fazer os argumentos dos novos filmes do Fantastic Beast and Where to Find Them e é porque não envolve ninguém directo da saga original.

    Eu por acaso não li este livro, principalmente porque apanhei um enorme spoiler o final da triologia. Acho que vou continuar afastada dele e virar-me para Percy Jackson ou para os clássicos da Marion Zimmer Bradley ( adoro especialmente o A Senhora do Trillium :3 )
    De resto, gosto de Fantasias mas de há uns tempos para cá ando esquisita com o que leio. Perks de ser Potterhead e de ler Game of Thrones talvez?

    ResponderEliminar
  6. Confesso que a Marion não é bem a minha praia, li um livro sobre uma rapariga e uma gruta (já nem me lembro o nome) e não gostei. Mas há uma portuguesa que tem livros de fantasia giríssimos "A saga das Pedras Magicas" da Sandra Carvalho, conheces? Só me falta o ultimo!
    Da Rowling li o Causal Vacancy e não amei.

    ResponderEliminar
  7. Se achas o triangulo amoroso do Hunger Games incomodativo, o ultimo livro da serie divergente é praticamente uma novela. =x O primeiro é giro, o segundo é meh, o terceiro é mau...

    ResponderEliminar
  8. Eu li no pc, aproveiter o periodo de agosto que é parado no trabalho... =)

    ResponderEliminar
  9. Eu da Marion não consigo ler por exemplo a Saga das Brumas de Avalon :/ Toda a gente adora mas eu passo a vida a mastigar aquilo.
    Eu li essa Saga toda!Aliás, foi uma das sagas que me fez ficar apaixonada pela literatura fantástica porque quando a comecei a ler ela só tinha lançado o Guerreiro Lobo. Gostava que houvesse mais gente a escrever literatura fantástica como ela...mas sinto também que as próprias editoras não apostam nem divulgam isso.
    O Casual Vacancy é complicado...eu também o andei a mastigar uns bons capítulos. É um livro com uma carga dramática complicada...é quase um desabafo da vida dela - ela diz que viu N Kristals quando teve de viver com assistência do Governo. Mas os novos livros dela - os que são escritos sob o pseudónimo de Robert Galbraith - são mais engraçados. É águinha pura comparado com o azeite de Casual Vacancy. (Que vai ter agora uma mini série de 3 episódios de hora e meia feitos pela BBC e pela HBO. E o Howard vai ser interpretado pelo senhora que fez de Dumbledore...muito ele gosta de personagens com fins dramáticos :P )

    ResponderEliminar
  10. Epá, até fico com medo de pegar nessa trilogia :/ Ando com vontade de pegar nalgumas distopias que por aí andam, hei-de ver então.
    Beijinho

    ResponderEliminar

Deixa a tua opinião aqui!

Notas

Aqui escreve-se ao abrigo do antigo acordo ortográfico.

Contacto: pinderiquicespindericas@gmail.com

© Pindérica, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena