13 de junho de 2014

Prime and Fine - O péssimo corrector de cor


Quando me chega às mãos um primário da Catrice, de cor verde, fiquei imediatamente com vontade de o experimentar. Não há muitas marcas a fazer este tipo de primário, com correcção de cor, e portanto nada como testar para saber de minha justiça.


Em termos de textura trata-se de um creme muito leve e com cor. O verde do creme tem como intenção contra agir o vermelho natural da minha pele e ajudar a base a camuflar quaisquer áreas mais "reactivas". No entanto o facto de ter "cor" não é muito relevante porque  a quantidade de pigmento é muito reduzida. 
Este primário corrector de cor tem uma particularidade extremamente irritante: o que acontece é que, para além de um efeito reflector o que é bom e dá luminosidade, este primário tem purpurinas.


Qual o problema de um primário com purpurinas? Simples, não cria um efeito natural na pele porque ninguém tem purpurinas naturalmente! É bom um efeito nacarado, que dá luminosidade, mas purpurinas é absolutamente desnecessário e artificial.

Assim o primário fica chumbado pelos simples facto de que odeio o aspecto de pele com purpurinas.

Os produtos mencionados foram gentilmente cedidos para teste de acordo com a politica de parcerias do blog.

3 comentários:

  1. Experimentei o tester e vi logo que tinha esses brilhos! Fugi logo! Eheheh

    ResponderEliminar
  2. Sinceramente eu abri-o e nem me apercebi, quando o meti na cara parecia uma bola de espelhos... mas a quem dá juizo criar um primer com purpurinas que se vêem da lua?

    ResponderEliminar
  3. Chama-se efeito twillight, só os vampiros vão gostar de ter a pele a brilhar =p

    ResponderEliminar

Deixa a tua opinião aqui!

Notas

Aqui escreve-se ao abrigo do antigo acordo ortográfico.

Contacto: pinderiquicespindericas@gmail.com

© Pindérica, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena