14 de maio de 2014

Brisa de Gardénias


Quando eu digo que os meus gostos em termos de perfume tem vindo a mudar não estou a exagerar. Talvez esteja a ficar mais "crescida" ou apenas seja uma fase mas dou por mim a abandonar os perfumes fortes e exageradamente doces e sucumbo cada vez mais aos florais e aos aromas delicados e mais "limpos".

Foi com algum espanto que, quando recebi esta edição limitada da The Body Shop, me deliciei assim que pulsei o spray. O cheiro é floral, muito limpo, flores brancas com uma leve doçura (mesmo muito leve).

O cenário idílico que cria na minha imaginação é mesmo de estar sentada num jardim inglês com um vestido branco, um chapéu enorme com fontes a correr e uma sombra gigantesca. (Sim eu sou uma tipa sonhadora com uma imaginação voraz especialmente quando se trata de imaginar cenários idílicos).

Este é o meu terceiro perfume das fragrâncias do mundo: tenho a baunilha de Madagáscar (extra doce), a flor de cerejeira do Japão (ligeiramente doce) e as Gardénias Brancas Inglesas (minimamente doce). Esta gama de perfumes varia imenso na fixação, sendo que o de Gardénia parece perder perante os restantes no que toca à durabilidade.

Todos os perfumes da colecção aromas do mundo contam com alcool orgânico proveniente de comercio justo com a cooperativa CADO no Equador, extraído de cana de açúcar, e este não é excepção à regra.


Os produtos foram gentilmente cedido para teste de acordo com a politica de parcerias do blog.

0 comentários:

Enviar um comentário

Deixa a tua opinião aqui!

Notas

Aqui escreve-se ao abrigo do antigo acordo ortográfico.

Contacto: pinderiquicespindericas@gmail.com

© Pindérica, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena