6 de maio de 2014

Assistentes de (Beleza de) Bordo


Eu sou uma entusiasta por voar, não me interpretem mal, mas porque significa que vou a algum lado, não pela experiência em si (ok gosto bué de levantar, admito, mas apenas isso). Já voei entre 2h a 7h e acreditem, que tudo o que seja mais de 5h começa a chatear um bocado. Sim há filmes, e musica, e livros e comida, e até há a possibilidade de passear pelo corredor, mas o som constante das turbinas e aquele ar que parece pó gelado dá cabo de mim.

Então o que fazer? Basicamente nada melhor do que hidratar, hidratar e hidratar (mesmo com pele oleosa, hidratar é com água!) e os preparativos tem de começar em antemão porque, acreditem, no meio das nuvens há pouco que possamos fazer. 

O dia Antes

  • Agua minha gente, bebam água! Eu usualmente bebo cerca de 2L de água por dia. Eu não gosto de água, mas tive de me forçar a bebe-la porque passo 9h enfiada numa sala com ar condicionado. Com um avião a teoria é a mesma, são menos horas, mas a ausência de humidade é absurda.
  • E como não chega só por dentro, há que hidratar por fora nada como fazer uma máscara hidratante, bota-lhe ácido hialurônico! E depois da máscara? Serum de hidratação e Creme hidratante assim numa camada bem generosa! E depois? O Serum in-oil da TBS para selar tudo e potenciar a hidratação!
  • E antes de voar? Adivinharam, mais uma camadinha de creme que nunca  fez mal a ninguem, há que apostar na hidratação "à séria".

Durante o voo

  • Nada de maquilhagem, o avião não cai por isso, e portanto dispenso o espectáculo de me desmaquilhar numa cabine com mais 100 pessoas. 
  • Agua de Rosas Melvita, um tesourinho que tenho guardado para situações mais complicadas, adoro esta agua de rosas! Estão a ver as que se vendem no supermercado por 50 cent? Não tem nada a ver! É rica e deixa a pele com aquela sensação peganhenta (sim, isso é bom, quer dizer que mantém a humidade da pele!)
  • Sampar Merveill'Yeux mais uma vez Sephora, e publico português, obrigado por não darem vazão à Sampar e permitirem que quem realmente aprecia a marca compre produtos fenomenais a 10€. Dito isto,este roll-on pode ser o melhor amigo numa viagem de avião: refrescante, fluído e hidratante. Óptimo para a zona sensível dos olhos.
  • Depois dos olhos, os lábios, e eu não me separo das minhas manteigas labiais da TBS por nada deste mundo. A minha preferida, é a que estou a usar agora, a Honeymania.´


E vocês? Levam algo do género no avião?

2 comentários:

  1. Vanessa Santos Almeida6 de maio de 2014 às 09:41

    Quando me sento no avião limpo o rosto com água micelar e coloco uma camada dessa máscara da Sampar ou uma da Rexaline que é semelhante e vou colocando mais à medida que a pele vai absorvendo, antes de aterrar, tiro o os residuos com mais água micelar, coloco hidratante normal e protector solar e vou à minha vida :p


    Beijinhos
    www.theglowhunter.com

    ResponderEliminar
  2. Tenho aproveitado as viagens de mais de 7 horas (três, assim só no último mês e meio), para testar amostras de máscaras. Tenho levado sempre água micelar, para limpar antes de aplicar a máscara hidratante, porque, por mais que não tenha maquilhagem, tenho a sensação que a pele não está tão limpa quanto devia; uma máscara hidratante, uma de olhos, o elixir de beaute da Caudalie, um homeoplasmine e discos de algodão. Nota-se imenso a diferença ao aterrrar. :)

    ResponderEliminar

Deixa a tua opinião aqui!

Notas

Aqui escreve-se ao abrigo do antigo acordo ortográfico.

Contacto: pinderiquicespindericas@gmail.com

© Pindérica, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena