28 de maio de 2013

Flutuar no Vazio

Não há nada como ter um homme nas nossas vidas que, quando chega a altura nos oferece coisas giras, até sabe o que nos dar quando nós mesmas não sabemos o que queremos receber. Este natal passado recebi algo que queria experimentar à imenso tempo: uma sessão de flutuação! Como é que ele sabia que eu queria experimentar, não faço ideia, mas foi "na mouche"!

Sessão de flutuação para 2 com ritual do chá foi o "menu" com que fui presenteada. Mas com o frio de inverno não me apetecia enfiar-me dentro de água esperamos até Maio para fazer a sessão de flutuação no "Float in".

Para quem não sabe a flutuação basicamente é estar numa "piscina" de água com alto teor de sal de forma a possibilitar ao corpo flutuar sem esforço físico. A flutuação deve ser feita com o minimo de estímulos externos possíveis (sem som, luz...) por forma a atingir um estado de "dormência" dos sentidos e uma sensação de estar no vazio.

No float in existem 2 salas de flutuação, uma com piscina fechada e uma com piscina descoberta. Eu acabei por ficar na piscina descoberta e o homme na piscina coberta (que parecia uma nave espacial). E durante uma hora flutuei no quase-"vazio". Quase porque na piscina descoberta existem sons exteriores que conseguem passar até nós, e quase porque ao fim de 40 minutos estava a ficar com bastante frio. (O homme, que esteve na coberta, diz que não ouvia nada e que teve calor).

Após 1h a flutuar confesso que não me sentia especialmente relaxada e sai um tanto ou quanto desiludida da minha mega banheira salgada. A seguir ao banho fui para o "ritual do chá", numa pequena sala que transpirava tranquilidade, e lá fiquei com o homme. Os dois a falar sobre a experiência a desfrutar dum chá fantástico de gengibre (que assim que possível vou comprar!) e a sentir os primeiros efeitos da flutuação - a pouca vontade de fazer alguma coisa.


Curioso foi que nessa noite dormimos extremamente bem, estupidamente bem, e anormalmente bem. E atribuímos esse facto à sessão de flutuação. Se sofrerem de insônias fica a dica!

Por gozar ficou ainda uma quick massage, fruto de uma falha de comunicação na marcação da sessão, mas para a qual me foi passado um voucher.

5 comentários:

  1. Olha que ele há com cada coisa! Para mim isto era totalmente alienígena! Interessante :)

    BTW, descobri recentemente o teu blog e fiquei fã. Parabéns pelo trabalho!

    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Eu já tinha ouvido falar deste serviço há algum tempo e por acaso despertou-me algum interesse.

    O Blog da Susy
    O Blog da Susy no Facebook

    ResponderEliminar
  3. Não conhecia este tipo de serviço, mas parece-me super interessante!
    Beijinhoo*

    ResponderEliminar
  4. Joana, Obrigada pelo teu comentário! Continua a acompanhar =)

    ResponderEliminar
  5. Adoro flutuar, mas no mar, uma coisa dessas ainda não experimentei...
    Faço chá de gengibre em casa, é bom para limpar o corpito de gordurinhas.
    Compro a raíz de gengibre no martim Moniz, ou no supermercado, e tanto uso para cozinhar alguns pratos, como para fazer chá... o gajo aqui de casa diz que o ajuda na constipação e nas alergias.

    ResponderEliminar

Deixa a tua opinião aqui!

Notas

Aqui escreve-se ao abrigo do antigo acordo ortográfico.

Contacto: pinderiquicespindericas@gmail.com

© Pindérica, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena