6 de agosto de 2012

Bronze ou Ouro?

Queridas Pindéricas, 

Poderia estar a falar dos jogos olímpicos mas não estou. Este post serve para abordar um tema que sinceramente me "preocupa" neste nosso portugal, que é a exposição solar. Não quero com este post falar de protectores, não me considero suficientemente informada, apenas recentemente comecei a tomar conta da minha pele "à seria" e estou mega feliz com essa decisão, acho que amadureci no que toca a estar sensibilizada para questões de saúde mais do que estética.

E agora vamos ao tema que me trás aqui: o português, como boa lagartixa que é, gosta de se estatelar ao sol. E mesmo aquele que usa protectores (mais ou menos eficazes) não dispensa chegar ao trabalho e ouvir o típico "g'anda bronze!".


A minha questão é desde quando é que ficar com "cor de cancro" se tornou socialmente aceite e "na moda"? (E não me digam que é por eu ser branca, porque eu bronzeio, mas confesso que evito fritar!) Mesmo com protecção solar, e com todos os filtros químicos e físicos que um protector possa oferecer o que dá na cabeça do "tuga" de se estatelar ao sol das 12h00 às 15h00 para ganhar um "g'anda bronze"?

Sinceramente aquela corzinha de torrão a mim não me agrada minimamente, acho feio, inestético e acho que dá um ar de tudo menos de saúde... pelos vistos a H&M não foi assim tão longe com a sua infame campanha que falei aqui! Apostem num tom saudável e dourado pelo sol...


Sejam responsáveis e evitem a exposição solar nas horas de mais calor, bebam muita agua, usem óculos de sol com SPF, carreguem-lhe no protector e usem a sombra! Por um bronzeado saudável!

14 comentários:

  1. Haja alguém que partilhar da minha não-popular opinião. Desde que, há cerca de dois anos, não apanho sol à séria mas que tenho visto um ou outro sinal a aparecer de vez em quando, que tenho muito respeitinho ao sol. É verdade o que dizem sobre os efeitos dos escaldões que apanhamos só se revelarem anos depois. Prefiro brancura mas pele saudável ao "g'anda bronze". Sem dúvida nenhuma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Sara mas tu és ainda mais branca que eu mocinha! E sim, acho que chegámos a uma altura da nossa vida em que nos começamos a preocupar com o nosso futuro e a nossa saude =)

      Eliminar
  2. Penso como tu, não mudava uma virgula!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E sabes o que me choca mais? Gente que passa a vida a publicitar o quão bronzeado está e como atingir aquele tom de torrão de cafe... que horror =s

      Eliminar
  3. Sinceramente a cor torrão é feia, artificial, e cheira a rugas precoces e outras coisas mais por todo o lado! A minha pele não é clara, e bronzeia com bastante facilidade, gosto dela com aquele tom dourado. Mesmo assim o protector 30 ou 50 vai comigo para todo o lado! Prefiro estar mais branca e com uma pele saudável, do que preta e cheia de manchas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro! O protector deixa bronzear, e acho que é isso que as pessoas ainda não perceberam é possível ter uma corzinha de verão sem apanhar escaldões e sem agredir a pele!

      Eliminar
  4. Partilho da mesma opinião, pessoalmente nem gosto de me ver bronzeada. E tenho tendência para escaldões feios, porque sou muito branca, e tenho feito asneiras... Mas tenho consciência disso e arrependo-me mesmo.
    Quem é branca acaba sempre por ouvir umas piadas de vez em quando. Vivemos na sociedade em que se aplaudem as más notas, o desleixo, o exagero absurdo... Tenho imensa pena.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu para evitar as piadas crio as minhas 100x piores e quando estão para fazer uma eu digo algo como "pois, eu sei, sou tão branca que até reflecte...." sempre foi a minha estratégia, e funciona lindamente!

      Eliminar
  5. Eu partilho da mesma opinião que tu.. tenho evitado a praia nos ultimos anos e quando lá meto as patinhas vou toda bezuntada de protector solar 50 e carregada de sombrinhas.. Porque nos tempos que correm antes lula saudavél que lagosta podre :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adorei "Porque nos tempos que correm antes lula saudavél que lagosta podre" absolutamente genial (e parti-me a rir)

      Eliminar
  6. Bronzeado saudavel? Nao existe tal coisa.. Há 4 anos que nao apanho sol e tenho a pele muito mais bonita e saudavel que meninas mais novas. Praia só ao final no dia ou então sombra todo o dia e com protecção 50! Ah e sombra de rochas pois os chapeus de sol deixam passar as radiações

    Beijinhos
    V
    diariodeumabeautyjunkie.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu corrigiria para bronzeado responsável, não acho que haja mal nenhum em ficar com cor de verão, desde que a pele seja protegida convenientemente e as regras básicas de exposição solar sejam respeitadas.

      Eliminar
    2. Existe bronzeado saudável. Eu por exemplo sou daquelas que bronzeia à sombra, com SPF50...

      Aliás, a muitas pessoas (como a mim), por questões de saúde, é-lhes aconselhado apanharem banhos de sol. (Obviamente que este conselho pressupõe as horas e protecções adequadas, caso contrário será mais nefasto que benéfico.)

      Eliminar
  7. Não sou fã do bronzeado "castanho", mas foi o que a genética me trouxe. Felizmente sei que não alcanço essa cor com sacrifícios, uma vez que me mantenho à sombra e com protecção SPF (20 no corpo/ 50 na cara) das 10h às 17h (e saio mesmo da praia das 13h às 15h30) - este ritual é feito duas vezes por semana, máximo, que é quando vou à praia em família.

    Gosto de ficar bronzeada, mas gosto de saber que estou a respeitar a minha saúde. Não se deve por outro lado deduzir que toda a gente que está 'castanha' é automaticamente um lagarto que passa os dias a torrar...

    ResponderEliminar

Deixa a tua opinião aqui!

Notas

Aqui escreve-se ao abrigo do antigo acordo ortográfico.

Contacto: pinderiquicespindericas@gmail.com

© Pindérica, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena